Minha Loja Virtual

SEJAM BEM VINDOS!!!!

Quaisquer dúvidas entrar em contato através do email: elainesrodrigues12@gmail.com

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Como falar sobre a morte a uma criança


Esta semana aconteceu um fato que me pegou de calça na mão, o meu filho de quase 5 anos, estava assistindo um desenho animado na TV, no qual eles abordaram o assunto morte, assisti com ele. Porem ele não pareceu ficar triste ou curioso sobre assunto.
Mas eis que mais tarde na hora de dormir, meu pequeno garotinho desaba a chorar.......
Então pergunto:
- o que foi meu bem?
- O avô da Moly morreu!!!! Quando eu ficar velhinho, vou morrer tbm?
- Mas vai demorar muito pra vc ficar velhinho, Isaac.
- Então quer dizer que eu vou morrrrerrrrrrrr!!!!!!!buuáááá´´!!!!!

E agora o que eu digo?pensei com apavorada meus botões. Não posso mentir e dizer que ele nunca vai morrer......como contornar essa situação, cade o pai dele pra me ajudar.ops esta trabalhando,
então abracei ele e disse que ele tambem estava meio doentinho, e muito velhinho, perguntei:
-Qtos anos vc tem?
- 4
- Então, vc é muito novinho para pensar nesse assunto.
- Acho que preciso de um copo d'agua .( disse ele todo serio)
Sem pensar coloquei a chupeta que era do meu caçula na boca dele, foi só risadas....
- Essa foi boa mãe, eu sou o Isaac e não o Pedro.
- Agora já estou melhor.
Dei outro abraço apertado nele, e ele dormiu.

***** 2 dias depois:

Troquei a agua do aquario onde morava o peixinho Teddy.
Mais tarde noto que o Teddy MORREU!!!
E agora, pensei, o que eu faço?
Ele vai ficar arrasado com a morte do peixinho, vai voltar toda aquela estoria na cabecinha dele.....
Vou comprar outro peixe!!!!

E foi o que eu fiz hoje, comprei outro peixe igualzinho e ainda comprei um amiguinho tambem.
Quando ele chegou da escola, fiz a surpresa, ele ficou maravilhado com os 2 peixinhos, colocou nome no outro de Zipp.

Daí estou eu teclando no PC, aparece o Isaac:
-Ô mãe, o Teddy e o Zipp estão esquisitos.... vem ver.

Eis minha surpresa.... os peixinhos estavam mortos!!!!!
Não teve jeito, quis fugir dessa situação, mas não tive saida!
foi um chorôrô só.
Eu tbm quase chorei, por ver o sofrimento dele.
Expliquei que talvez pudesse ser a agua, mas que essas coisas acontecem....
Resolvemos enterra-los num vaso de planta que tenho na varanda.
Outro chorôrô!!!!!
Mas ele ainda não me questionou sobre nada a respeito da morte. Ainda.
Só que não para de chorar!!!
Falei que amanhã vamos comprar outro peixinho pra ele.
Mas sei que não sera a mesma coisa.
Agora enquanto estou digitando ele esta aqui pertinho de mim chorando, disse que estava contando para minhas amigas sobre o amigo peixe dele, e ele ficou feliz e queria saber o nome de cada amiga minha.
Então escolhemos no Google um foto de peixinho para esse post.
Bom vou tentar alegrar esse coraçãozinho aqui!!!!
bjos
Elaine

Um comentário:

Elaine Pizani disse...

Oi amiga blogueira ,eu estava passeando pelos blogs quando vi o título da sua postagem e fiquei interessada.
Eu também tenho um filho de 5 anos e se chama Daniel Júnior e por incrível que pareça meu nome é Elaine também .(risos)
Mas o meu filho me fez esta mesma pergunta com lágrimas nos olhos e eu quase tive um troço de ver ele daquele jeito.
Eu comprei um fogão novo e ele me perguntou se aquele fogão também ia ficar velho igual o outro.E eu disse :Sim! Tudo fica velho ...até a gente!Pronto aí veio aquela pergunta ...Aí a gente morre?Com olho cheio de lágrimas eu também abracei ele e tentei acalmá-lo.Mas naquela semana antes de dormir me perguntou de novo.Eu que sou evangélica e creio que um dia vamos encontrar Jesus disse a ele.Que só assim poderemos ver Jesus de pertinho e ver como ele é.Aí ele se acalmou e já faz uns meses mas confesso que nem a gente que é adulto gosta de falar de morte ainda mais com uma criança,fica mais difícil ainda.
Um grande abraço.
Ah! Eu também tenho um blog depois passa lá .